Um novo paradigma

A década 60/70 marcou a mudança da sede do Clube para o atual edifício. Começámos a disputar a Taça de Portugal assim como as competições nacionais no escalão de juvenis. Uma década que fica marcada por mais uma conquista: a II Divisão do Campeonato Distrital de Reservas.

O nosso Clube começou a ser idealizado na barbearia de João Amaro. Anos mais tarde, o local onde reuniam os adeptos rioavistas passou a localizar-se na rua Joaquim Maria de Melo. Nos primeiros anos da década de 60, o espaço passou para a Avenida da Républica, mais precisamente para o edifício ao lado do Auditório Municipal. Foi a 13 de Janeiro de 1963 e ali se mantém até aos dias de hoje.

Em 1963/1964, o Rio Ave FC sagrou-se campeão da II Divisão do Campeonato Distrital de Reservas. Uma equipa que tinha como jogadores: Coimbra, Estrela, Aníbal, Costa, Polinário, Pedro Seia, Afonso, Vareiro, Sineiro, Otávio, Macedo, Carlos Manuel, Albino e Barreto.

Esta também foi a década em que o Rio Ave FC se estreou na Taça de Portugal. Na época de 1968/1969 a equipa realizou o seu primeiro encontro na prova rainha. A 20 de Outubro de 1968, os vilacondenses defrontaram o Vasco da Gama de Sines, com quem perderam.

Na mesma época, o Rio Ave FC chegou aos campeonatos nacionais de Juvenis com a primeira inscrição, de uma equipa da categoria, nas provas nacionais. Uma época de ouro, culminada com o título de Campeão de Série. Na segunda fase ganharam ao SC Braga, mas o FC Porto fez cair por terra o sonho dos jovens vilacondenses.

A primeira vitória na Taça de Portugal aconteceu na época seguinte. No primeiro jogo, o Rio Ave FC venceu o Guarda por 3-0. Ainda na mesma época venceram o FC Avintes, por 2-0. O afastamento da prova aconteceu perante o SC Lamego.

Rio Ave FC - Década 1960-1970-Foto Principal Rio Ave FC - Década 1960-1970-Foto 1 Rio Ave FC - Década 1960-1970Foto 2
<
>