Menu

Estádio do Rio Ave Futebol Clube
Rua Dom Sancho I
4480-876 Vila do Conde

Telefone Geral
252 640 590

Rio Ave Store Estádio
Morada:
Rua D.Sancho I – Estádio do Rio Ave Futebol Clube
Horário:
9h30 às 12h30 e das 15h às 19h (terça feira a sexta feira)
10h à 13h e das 15h às 18h30 (sábado)

E-mail:
[email protected]

Boa segunda parte foi insuficiente

A equipa da casa viu-se a vencer logo nos primeiros minutos, com o avançado do Feirense a aproveitar da melhor forma um ataque rápido e um infortúnio da nossa defesa que lhe permite marcar (de belo efeito).

No entanto, a reacção da nossa equipa, perante a desvantagem, não foi  melhor, sendo que não foram criadas oportunidades claras de golo, ainda que o domínio do jogo (com mais de 60% de posse) fosse do Rio Ave FC.

Na segunda metade o Rio Ave FC volta a entrar a dominar a partida, jogando praticamente sempre no meio terreno do Feirense.

Na única vez que a equipa da casa causa perigo aumenta a vantagem, fazendo o 2-0, aproveitando o facto do Rio Ave FC assumir uma postura muito ofensiva.

Ainda assim, sem nunca desistir, o Rio Ave FC chegaria ao golo, já nos instantes finais, por Gonçalo Paciência, antes de serem jogados os minutos de compensação. Já antes o Rio Ave FC tinha criado várias oportunidades claras de golo que só não o foram pela intervenção do guarda-redes do Feirense, ou por infortúnio dos nossos jogadores.

Na “compensação”, pouco se jogou, com a equipa da casa a optar por jogo passivo e com a equipa de arbitragem a limitar-se a admoestar os jogadores adversários com cartão amarelo, precisamente pela demora na reposição da bola e pelas paragens constantes.

No final, a derrota por 2-1, com o sabor amargo de um resultado que se queria diferente penalizado pela má primeira parte e pela ineficácia na segunda parte.

Nota de destaque maior para a presença dos nossos adeptos, no estádio, a uma 2ª feira, às 21 horas e em noite invernal. Do primeiro ao último minuto foram incansáveis e tentaram “empurrar” a equipa para um resultado melhor. Em casa alheia, foram mesmo os que mais se ouviram durante o jogo. Obrigado por mais este gesto de amor ao Clube.

Destaque ainda para as estreias no 11 de Gonçalo Paciência (e com um golo) e Petrovic. Traoré fora chamado mas ficou na bancada.