Sub-23: Vitória escapa nos descontos

Na segunda jornada de Apuramento para a Taça Revelação, os sub-23 do Rio Ave FC rumaram a casa do Leixões SC. O Rio Ave FC entrou bem na partida e a equipa trabalhou em uníssono para o objetivo principal: somar pontos.

Ao longo da primeira parte, a turma de Pedro Cunha conseguiu levar a cabo várias aproximações perigosas à baliza da casa, deixando o adversário em alerta desde cedo.

A chegar à meia hora de jogo, o Leixões SC ficou reduzido a 10 jogadores, depois do seu defesa, Vitor, ter feito uma entrada dura sobre Noah.

Já nos descontos da primeira parte, o grupo vilacondense conseguiu materializar as suas tentativas em golo! Noah colocou em Tomás que assistiu de imediato para Fabinho fazer o 0-1. Estava estreado o marcador.

No segundo tempo, o grupo vilacondense procurou manter-se por cima do jogo, mas o Leixões SC não estava satisfeito com o rumo da partida e tentou fazer a sua parte para que ainda fosse possível igualar a partida. Se por um lado, o setor defensivo fez de tudo para afastar as tentativas verdes e brancas, por outro lado, estavam a apostar todas as energias nos contra-ataques.

Ainda assim, o Rio Ave FC foi produzindo algumas oportunidades para aumentar a vantagem, mas aí faltou uma pontinha de sorte para dilatar o resultado. Aos 65′, por exemplo, Noah colocou a bola na área, em Tomás, que rematou com força, mas viu a bola bater na trave. Também aos 90+2′, Luís Pinto tentou a sua sorte, mas a bola ficou nas mãos do guarda-redes.

A 10 minutos do fim da partida, o árbitro assinalou grande penalidade contra o Rio Ave FC, mas a vontade de garantir pontos inspirou Lucas Flores, que adivinhou o lado e travou o golo adversário.

Quando tudo se encaminhava para uma vitória rioavista, chegou um momento que nos fez lembrar de que o futebol é tudo menos previsível. Já nos descontos, num canto para o Leixões SC, a equipa da casa consegue chegar ao empate.

Um balde de água fria para uma equipa que fez de tudo para vencer. No entanto, a competição continua e os Sub-23, assim como todas as equipas rioavistas, respiram o ar da resiliência e seguem para a próxima jornada com fome de vencer.

11 INICIAL: Lucas Flores, Diogo Ribeiro, Kait, Morgado, Ruca, Pany, Tomás, Fodélcio, Noah, Figo e Fábio Ferreira.

Substituições: Fábio por Luís Pinto (60′), Tomás por Marko Brkic (71′), Figo por Jorge Karseladze (85′) e Noah por Lemos (85′)

Suplentes: Vasco Baptista, Luís Silva, Braiminho, Simão Jota e Afonso Gama.