Sub-23: A excelência do trabalho de equipa

Numa época marcada pelo cancelamento de várias competições a nível nacional, a nossa equipa de sub-23 merece um destaque especial pela época que realizou.

Um projecto liderado por Pedro Cunha que arrancou elogios de norte a sul do país. Com um futebol de alta qualidade, o Rio Ave FC foi a equipa que melhor futebol praticou na competição e os números não enganam.

Após trinta jogos na Fase Regular da Liga Revelação, o Rio Ave FC terminou em primeiro lugar, com 61 pontos, e com o melhor ataque da competição e a segunda melhor defesa. Estes números permitiram à nossa equipa terminar na liderança da fase regular pelo segundo ano consecutivo, e o mais importante, a qualificação para a fase de campeão que começava com o nosso clube no primeiro lugar.

Lugar esse que seria a posição habitual da nossa equipa na competição. Após quatro jornadas realizadas (faltando apenas seis para o final do campeonato), o Rio Ave FC encontrava-se em primeiro lugar com uma vantagem de três pontos, em relação ao segundo classificado, e com o melhor ataque e melhor defesa da Fase de Campeão da Liga Revelação.

Factos que nos levam a crer que o futuro desta equipa será risonho e que todo o trabalho realizado por este grupo não será em vão. Trabalho esse que já deu os seus frutos ao longo da época. Fomos vendo alguns jogadores a serem chamados às convocatórias da equipa principal do Rio Ave FC e outros para fazerem parte dos trabalhos diários da nossa formação principal.

Em forma de balanço e analisando todos os factos anteriormente referidos é legítimo referir que, mesmo sem título de campeão, o Rio Ave FC foi o verdadeiro campeão dentro de campo na Liga Revelação 2019/20.