Vitória mantém-nos em lugares europeus

Rio Ave Futebol Clube 1 – 0 CS Marítimo

O jogo começou equilibrado, com as duas equipas a procurarem organizar-se em campo e ganhar superioridade sobre o adversário. Nesse duelo foi o Rio Ave Futebol Clube quem conseguiu mais posse, mais ataques e consequentemente mais perigo.

A partida decorreu nesta toada até aos 39 minutos, aí Roderick fez história, o central apontou o primeiro golo da carreira profissional. Num pontapé de canto, a bola sobrevoou a área, Tarantini voltou a colocar na confusão e aí apareceu o central, de cabeça a colocar no fundo das redes. Estava feito o golo da vitória.

2016 03 12_001600_8867

Ao intervalo os dois treinadores não mexeram nas equipas, mas o Marítimo, em busca de recuperar da desvantagem foi aparecendo com mais perigo. Nos derradeiros minutos e após 3 mexidas em cada equipa o jogo transformou-se, e aí a eficácia e frieza dos vilacondenses garantiu a vantagem e a merecida vitória.

No final do encontro Pedro Martins foi o primeiro a considerar que “o importante era vencer, podíamos ter explorado mais o último passe, mas o espectáculo fica para outros jogos”.

O Rio Ave Futebol Clube mantém-se assim nos lugares de acesso às competições europeias.

Noutro âmbito, no jogo em que se comemorou o primeiro golo da carreira de Roderick, antecipou-se também a comemoração do Dia do Pai. Assim, o Rio Ave Futebol Clube parabenizou, desde logo, todos os pais, avôs, bisavôs e por aí fora, dando uma especial atenção aqueles cujos filhos resolveram presentear vestindo-os com as cores do seu Clube.

2016 03 12_003700_5078