Menu

Estádio do Rio Ave Futebol Clube
Rua Dom Sancho I
4480-876 Vila do Conde

Telefone Geral
252 640 590

Rio Ave Store Estádio
Morada:
Rua D.Sancho I – Estádio do Rio Ave Futebol Clube
Horário:
9h30 às 12h30 e das 15h às 19h (terça feira a sexta feira)
10h à 13h e das 15h às 18h30 (sábado)

E-mail:
[email protected]

Somam-se mais três pontos na dura Liga 2

Antevia-se duelo equilibrado e combativo, no jogo da 11ª jornada da Liga Portugal Sabseg, entre Trofense e Rio Ave FC. Caso para dizer que os treinadores acertaram na mouche. O jogo da manhã deste sábado foi protagonizado pela entrega e esforço das equipas, pese embora os rioavistas se tenham superiorizado.

Após uma primeira fase do encontro sem grandes oportunidades de um lado e do outro, um cruzamento de Guga acabou travado na área pelo braço de Simão Martins, defesa local. O árbitro Hugo Silva avaliou bem o lance e a grande penalidade seria convertida por Aziz, hoje em dupla com Pedro Mendes na frente do ataque verde e branco. Conversão eficaz que deixava o Rio Ave FC em vantagem.

Ainda o golo rioavista ecoava pela Trofa, já Simão Martins estava a travar, com entrada perigosa, o avançado Aziz, vendo o segundo amarelo e deixando a sua equipa reduzida a dez unidades.

Sentia-se que a manhã seria boa para o Rio Ave FC mas os rioavistas mostraram-se conscientes de experiências passadas e foram pragmáticos na abordagem ao encontro, procurando o segundo golo mas não descurando a solidez defensiva, anulando toda e qualquer intenção dos locais até bem perto do final da partida.

Nos principais momentos de finalização, destacaram-se Gabrielzinho, ao furar por entre a defesa trofense e obrigar Rogério à defesa da tarde, e Aziz, que no frente a frente com o guardião da casa viu o mesmo evitar o 0-2.

Com mais bola, mais ataques, mais remates, mais oportunidades, o Rio Ave FC não conseguiu, porém, fechar o jogo, o que, apesar de tudo, por breves momentos, deu algum ânimo à formação da casa. No entanto, as investidas do Trofense ficaram-se por um remate de longe de Tiago André para defesa de Jhonatan e um cruzamento que Hugo Gomes desviou por cima do travessão.

O Rio Ave FC pretendia retomar o rumo das vitórias depois do empate em Penafiel e a derrota caseira com o Académico de Viseu e, diga-se, o pedido do treinador Luís Freire foi bem correspondido pela equipa.

Melhor que a equipa só mesmo os adeptos do Rio Ave FC! De manhã cedo mostraram apoio à equipa no caminho para o estádio e nas bancadas foram mais de duas centenas a empurrar a equipa para a vitória e a merecer os tão importantes três pontos. A onda verde e branca aumenta. A motivação cresce. A união fortalece. Ganharemos todos.

Os rioavistas somam agora 21 pontos na classificação da Liga 2 antes da pausa competitiva imposta pelos compromissos internacionais e pela Taça de Portugal. O próximo duelo para o campeonato realiza-se apenas a 28 de Novembro, com a recepção ao Nacional da Madeira. Antes, para a Taça de Portugal, o Rio Ave FC recebe o Olhanense, a 20 deste mês.

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa
Árbitro: Hugo Silva
Ao intervalo: 0-1
Marcador: Aziz (23’ de g.p.)
Acção disciplinar: cartão amarelo a Simão Martins (22 e 26), Guga (56), Zé Manuel (68), Gabrielzinho (73), João Paulo (77), Daniel Liberal (86) e Hugo Gomes (90+2).

CD Trofense 0
Rogério, João Paulo, Mutsinzi, Simão Martins, Daniel Liberal, Tiago André, Matheus, Vasco Rocha, Achouri, Luiz Pachu e Bruno Almeida
Substituições: Bruno Almeida por Andrézinho (66), Tiago André por Keffel (66), Luiz Pachu por Bruno Moreira (79), Vasco Rocha por Gustavo Furtado (79) e Daniel Liberal por Rodrigo Ferreira (89).
Suplentes não utilizados: Rodrigo, Rafa Alves, Abel e Caio Marcelo.
Treinador: Rui Duarte

Rio Ave FC 1
Jhonatan, Costinha, Santos, Hugo Gomes, Pedro Amaral, Joca, Gabrielzinho, Guga, Vítor Gomes, Aziz e Pedro Mendes
Substituições: Joca por João Graça (64), Pedro Mendes por Zé Manuel (64), Gabrielzinho por Fábio Ronaldo (78), Guga por Sylla (85) e Costinha por Rúben Gonçalves (85).
Suplentes não utilizados: Leo Vieira, Ângelo Meneses, Sávio e Zimbabwe.
Treinador: Luís Freire