Uma caminhada que nos orgulha

Vem aí mais uma eliminatória de Taça de Portugal.

A campanha rioavista na prova rainha desta temporada tem sido extremamente positiva, tanto mais que a formação de Luís Freire já eliminou duas equipas do principal escalão, denotando capacidade para se afirmar perante esses adversários e garantir o apuramento justamente.

O Rio Ave FC atingiu já os Quartos-de-Final da prova, algo que consegue pela décima terceira vez na sua história. Com efeito, a caravela tem grandes campanhas na Taça, desde logo as duas finais conseguidas em 1984 e 2014, pelo que esta é sempre uma competição muito querida entre os vilacondenses.

Esta época, pese embora a participação do Clube na Liga Portugal Sabseg, a Taça de Portugal nunca deixa de ser encarada com grande responsabilidade, e o percurso verde e branco leva já quatro eliminatórias vencidas.

Um caminho que começou em Setembro, na 2ª Eliminatória, com um triunfo em casa do Vitória de Sernache, emblema do Campeonato de Portugal. Rúben Gonçalves (um golaço), Aziz e Costinha marcaram os golos da vitória por 3-1 no distrito de Castelo Branco.

Um jogo marcado também pela deslocação em massa dos adeptos rioavistas, imbuídos do verdadeiro espírito da Taça, que celebraram a passagem com os jogadores no habitual e já tradicional espírito de comunhão no fim dos jogos.

O sorteio da 3ª Eliminatória impôs uma recepção que se previa difícil ao Boavista FC, da 1ª Liga. Contudo, a noite de 17 de Outubro teve um Rio Ave FC brilhante, com o resultado daquela noite ainda a ecoar no melhor que já vimos desta equipa ao longo da exigente temporada. Goleada por 4-0 com golos de Zé Manuel, Guga e Gabrielzinho (2). Passagem carimbada à próxima fase.

Não foi preciso esperar muito para testemunhar nova afirmação de superioridade do Rio Ave FC na prova rainha. Em Novembro, novamente em casa, os rioavistas receberam o Olhanense, do Campeonato de Portugal, e apesar do penálti sofrido logo no início da partida, a equipa verde e branca garantiu a reviravolta com um ‘bis’ de Aziz que colocou o nosso emblema, novamente, nos ‘Oitavos’.

Com um calendário apertado e desafiante, o mês de Dezembro revelar-se-ia duro para o Rio Ave FC, com pouco espaço entre jogos de campeonato, Taça da Liga e Taça de Portugal.

Em vésperas de Natal, e já depois de um ciclo de jogos verdadeiramente infernal, o Rio Ave FC recebeu nos Oitavos-de-Final mais uma equipa da 1ª Liga, no caso, a Belenenses SAD.

Mesmo sofrendo novamente primeiro, os rioavistas mostraram fibra e igualaram o marcador por Hugo Gomes, central goleador que leva já cinco golos esta época.

Depois de 90 minutos bem disputados, onde não se notou a diferença de escalão, Rio Ave FC e Belenenses SAD atravessaram um prolongamento sem golos e acabaram a decidir o apuramento nas grandes penalidades, onde se saíram melhor os pupilos de Luís Freire. Que bela prenda de Natal.

E agora, já em 2022, é chegada a hora dos Quartos-de-Final, e novamente com uma equipa da 1ª Liga, em Vila do Conde. O adversário que se segue é o CD Tondela e em jogo está o possível regresso às meias-finais da Taça de Portugal, onde esperarão Portimonense ou Mafra, conforme ficou já alinhado em sorteio.

Esta caminhada na Taça é uma justa recompensa para o trabalho colectivo de todos ao longo dos últimos meses e cada degrau ultrapassado é uma motivação acrescida que se transporta, também, para o campeonato, o grande objectivo do Rio Ave FC.

Esta quarta-feira, joga-se mais uma vez pelo sonho de ir longe na competição e honrar os pergaminhos do Clube nesta prova que lhe é tão especial e onde os adeptos sentem com ainda mais força as vitórias.

No próximo dia 12 voltamos a estar juntos para fazer história, como tão bem sabemos fazer.

Por todos vencer!